Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quarta-feira, março 07, 2012

Sem consenso, BC reduz Selic em 0,75 ponto percentual

Sem consenso, BC reduz Selic em 0,75 ponto percentual

Autoridade monetária decidiu levar a taxa básica de juros de 10,50% para 9,75% ao ano

Alexandre Tombini
Tombini e equipe vem tomando decisões com base no cenário econômico internacional
São Paulo – Pela quinta vez consecutiva o Banco Central (BC) decidiu diminuir a Selic. Entretanto, na segunda reunião do ano, o Comitê de Política Monetária (Copom) resolveu aumentar a intensidade dos cortes, e não houve consenso. Diferente das quatro quedas anteriores, de 0,5 ponto percentual, a autoridade monetária cortou a Selic em 0,75 ponto percentual, de 10,50% para 9,75% ao ano. Cinco membros do comitê votaram pela redução aprovada, e dois outros defenderam um corte menor, de 0,5 ponto percentual.
O novo corte na Selic reforça a política de relaxamento monetário que o BC mantém desde agosto do ano passado. Em cinco reuniões a autoridade monetária reduziu a Selic em 2,75 pontos percentuais (veja infográfico abaixo mostrando a evolução dos juros no governo Dilma).
As últimas decisões do BC têm sido motivadas principalmente pelo cenário econômico internacional. Na terça-feira o IBGE divulgou o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2011. Os 2,7% de aumento nas riquezas do país ficaram muito abaixo dos 7,5% que o Brasil cresceu em 2010. O atribuiu aos efeitos da crise na Europa e nos EUA boa parte da culpa pelo resultado fraco.
Ministério da Fazenda e BC entendem que a depressão na economia mundial é forte o suficiente para prejudicar o crescimento do país se os juros continuarem altos. Até agora o governo vem defendendo a opinião de que há espaço para reduzir a Selic – e, portanto, estimular a economia nesta fase de crise - sem ameaçar o compromisso com a meta de inflação para 2012. A expectativa de economistas do mercado é que a taxa termine 2012 na casa dos 9,5% ao ano.
A ata do Copom, que traz detalhes sobre os motivos que levaram os diretores a optar pela queda da Selic, será divulgada na quinta-feira da semana que vem, e deve trazer mais informações sobre os rumos. A próxima reunião será realizada nos dias seis e sete de março.
Após o término do encontro, em Brasília, o Banco Central emitiu o seguinte comunicado: "Dando seguimento ao processo de ajuste das condições monetárias, o Copom decidiu reduzir a taxa Selic para 9,75% a.a., sem viés, por cinco votos a favor e dois votos pela redução da taxa Selic em 0,5 p.p."

Juros no Governo Dilma

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.