Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

sexta-feira, março 09, 2012

RELATÓRIO DIÁRIO DE ECONOMIA E MERCADOS - IPCA deve registrar alta de 0,43% m/m

RELATÓRIO DIÁRIO DE ECONOMIA E MERCADOS
São Paulo, 09 de março de 2012 - Fonte: Santander

Hoje:FIPE – IPC-Fipe (1ª quadrissemana – até 7/mar)• FGV - IGP-M (1ª prévia até 8/mar) • IBGE - IPCA (m/m – fev/12) • EUA – Balança Comercial (jan/12) • EUA- Taxa de Desemprego (fev/12) • EUA - Índice Estoques no Atacado (jan/12) • EUA - Nonfarm Payrolls (fev/12) • EUA - Private Payrolls (fev/12• EUA - Rentabilidade média por hora (fev/12) • EUA - Média de horas trabalhadas/semana (fev/12) • R. Unido - Produção Industrial (jan/12) • China - Produção Industrial (fev/12) • China - Vendas no Varejo (fev/12)

BRASIL:
• IPCA deve registrar alta de 0,43% m/m

INTERNACIONAL:

• Grécia: consegue organizar o default
• China: dados de atividade mostram desaceleração

MERCADOS:
• Otimismo internacional define tendência altista em bolsas
 

BRASIL

IPCA DEVE REGISTRAR ALTA DE 0,43% M/M

Hoje será divulgado o IPCA de fevereiro, para o qual projetamos alta de 0,43%m/m. Na comparação com o mesmo mês de 2011, quando o IPCA registrou inflação de 0,80%m/m, podíamos observar uma forte pressão dos preços administrados; neste mês, entretanto, os itens monitorados pelo governo atuarão de forma benigna sobre a inflação – como temos dito, essa tendência baixista em relação a 2011 deve se manter ao longo de todo ano. Assim, diferentemente do padrão sazonal para o período, a inflação de fevereiro será inferior à de janeiro, a descompressão do índice também se deve a um forte alívio dos preços de alimentação e à redução do peso de educação. Caso nossa projeção se confirme, o IPCA acumulado em 12 meses deverá desacelerar para 5,83%, ante 6,22% em janeiro.


INTERNACIONAL

GRÉCIA: CONSEGUE ORGANIZAR O DEFAULT

A troca de dívida grega ansiosamente aguardada está prestes a entrar nos livros de história, com um nível semelhante de participação e resultado dentro das expectativas de mercado. Enquanto o grau de participação foi muito elevado entre os detentores domésticos dos títulos de dívida grega (€ 152bi / € 177bi ou 86%), dentre os detentores estrangeiros – conforme o esperado – a adesão foi menor (€ 20 bi / € 29bi ou 86%). No geral, a taxa de participação total foi de 83,5%.
Como esse percentual estava abaixo do mínimo exigido pela Troika para considerar a dívida grega sustentável, o governo optou por alterar os termos de todas as obrigações dos títulos gregos, alterando o nível de participação para 95,6%, ou seja, acima do limite imposto pela Troika.
Por um lado, esta decisão pode levar a Associação Internacional de Swaps (ISDA) a decidir que se constitui de um evento de crédito, acionando os contratos de CDS. Entretanto, como o montante total líquido de CDS de dívida soberana grega é de cerca de US$ 3 bilhões, isso não deve ter implicações significativas no mercado, embora algum contágio para outros países periféricos seja possível. Por outro lado, este nível de participação significa que o segundo pacote de resgate (130 €) provavelmente terá prosseguimento e, obviamente, a Grécia será capaz de pagar os € 16 bilhões em títulos com vencimento no dia 20 de março.
Assim, embora outro dos principais riscos de mercado para 2012 (além da preocupação da liquidez de bancos e países periféricos) tenha sido evitado, a situação na Grécia não foi resolvida definitivamente. Será preciso avaliarmos os resultados e conseqüências das próximas eleições de abril-maio, enquanto que os pressupostos macro no programa Troika (para reduzir a dívida grega para 120% do PIB em 2020) são extremamente otimistas.


CHINA: DADOS DE ATIVIDADE MOSTRAM DESACELERAÇÃO
A China divulgou hoje os dados de produção industrial de Fevereiro, o indicador mostrou crescimento de 11,4%y/y, abaixo do esperado pelo mercado (12,4%). As vendas no varejo subiram 14,7% no mesmo período, muito abaixo das estimativas dos analistas (+17,6%). A agência ainda informou que as novas concessões de empréstimos em Yuan passaram de 738,1 bi em janeiro para 710,7 bi em fevereiro, abaixo da expectativa de 750 bi.
Apesar dos dados terem sido bastante decepcionantes, aumenta a expectativa do mercado sobre a possibilidade de novas medidas de afrouxamento monetário.


MERCADOS

OTIMISMO INTERNACIONAL DEFINE TENDÊNCIA ALTISTA EM BOLSAS

A expectativa por uma solução benéfica do acordo da dívida Grega teve como conseqüência alta nos os principais índices europeus.
Da mesma forma, nos EUA, o clima de otimismo internacional superou a divulgação de um desempenho pior que o esperado no número de pedidos de auxílio-desemprego. Dessa forma, os principais índices (Nasdaq e S&P 500) fecharam o dia com variação positiva.
No Brasil, além do cenário internacional benigno, o corte de 75 pontos-base na SELIC estimulou o bom desempenho da bolsa. Com isso, o índice Ibovespa encerrou o dia com alta de 1,35%, aos 66.908 pontos. Já no mercado de DI, o vencimento para janeiro de 2013 encerrou o pregão em 8,67%.




Marcadores:

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.