Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

sexta-feira, março 30, 2012

EUROPA VOLTA A DESANIMAR INVESTIDORES

RELATÓRIO DIÁRIO DE ECONOMIA E MERCADOS
São Paulo, 30 de março de 2012

Hoje:FGV – Sondagem da Indústria (mar/12) • BCB – Nota à Imprensa Política Fiscal (fev/12) • CNI – Índice de Expectativa do Consumidor (mar/12) • EUA – Renda Pessoal (fev/12) • EUA – Gasto Pessoal (fev/12) • EUA – PCE Core (m/m – jan/12) • EUA – PMI Chicago (mar/12) • EUA – Conf. do Consumidor - U. de Michigan (mar/12)

BRASIL:
• Resultado consolidado deve registrar superávit de R$ 9,5 bilhões
• De acordo com BC, condições favoráveis devem manter inflação na meta em 2012
• Abras registra alta em fevereiro
MERCADOS:
• Europa volta a desanimar investidores

BRASIL

RESULTADO CONSOLIDADO DEVE REGISTRAR SUPERÁVIT DE R$ 9,5 BILHÕES

Em fevereiro, o Governo Central registrou um superávit primário de R$ 5,4 bilhões, praticamente em linha com nossa projeção (R$ 4,4 bilhões). Com este resultado, para hoje esperamos que o resultado fiscal consolidado alcance um superávit de aproximadamente R$ 9 bilhões.

DE ACORDO COM BC, CONDIÇÕES FAVORÁVEIS DEVEM MANTER INFLAÇÃO NA META EM 2012
O Banco Central divulgou ontem o Relatório de Inflação do primeiro trimestre, que mostrou atualizações com relação às preocupações, visões e expectativas da autoridade monetária. O modelo de referência do BC prevê uma alta nos preços de 4,4% em 2012 e de 5,2% em 2013 (o último relatório mostrava avanços de 4,7% e 4,7%, respectivamente). Já o modelo de mercado do BC projeta uma inflação de 4,5% em 2012 e de 5,3% em 2013 (o relatório anterior mostrava 4,8% e 5,3%, respectivamente).
Sob nossa perspectiva, a inflação favorável no primeiro trimestre de 2012 foi o principal motivador para a redução das projeções para o período. Anteriormente, a projeção do BC para a inflação do primeiro trimestre era de 1,86%. No entanto, o IPCA deve acumular alta de 1,48% no período, de acordo com o consenso do mercado para o IPCA de Março (0,45%m/m). Adicionalmente, a cotação do real usada como pressuposto no cenário de referência (R$ 1,75/US$) também contribuiu na redução das projeções para 2012.
As previsões do Banco Central do modelo de referência continuam a apontar para a inflação bem acima do centro da meta para 2013. No entanto, como sinalizado na última Ata do COPOM, o Banco Central deverá reduzir a taxa Selic para 9% a.a., devido à inflação baixa no curto prazo.

ABRAS REGISTRA ALTA EM FEVEREIRO
A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) divulgou ontem o resultado de suas vendas referentes a fevereiro. O índice obteve alta de 0,4% na margem, pela segunda vez seguida, na série com ajuste sazonal deflacionada pelo IPCA Alimentação Domiciliar. Entretanto, apesar da grande relevância do setor para as vendas totais no varejo, o resultado deve apenas amenizar as perdas para o período (devido, em grande parte, ao reduzido número de dias úteis em fevereiro). Por ora, projetamos que a pesquisa mensal do comércio (PMC-IBGE) registre uma queda de 0,5% em fevereiro ante janeiro, em termos dessazonalizados.


MERCADOS

EUROPA VOLTA A DESANIMAR INVESTIDORES

Após o alerta da agência Standard and Poor’s em relação a uma possível nova reestruturação da dívida grega e diante da projeção do Banco de Portugal de uma recessão mais profunda a elevação na projeção de recessão portuguesa promovida pelo Banco de Portugal, os principais índices europeus fecharam o pregão com variações negativas. Já nos EUA, a queda das bolsas foi motivada pelo resultado pior do que o esperado no número de novos pedidos de auxílio-desemprego. Mesmo assim, apesar do cenário desfavorável, o índice Nasdaq conseguiu obter leve alta.
No Brasil, o clima desfavorável dos mercados mundiais influenciou a bolsa, que fechou com variação negativa de 0,32%, aos 63.997 pontos. O dólar terminou o dia com variação de 0,60%, cotado a 1,8334, já os contratos com vencimentos para janeiro de 2013 encerraram o pregão em 8,92%.
 
 

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.