Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

sábado, dezembro 18, 2010

Publicis compra o controle acionário da Andreoli

O Publicis Groupe acaba de assumir o controle acionário de mais uma agência brasileira. Desta vez, a holding francesa aumentou para 51% sua participação na Andreoli MS&L, na qual detinha 25% desde 2001. A agência de relações públicas continua comandada por Paulo Andreoli, agora sócio minoritário, e muda sua marca para Andreoli MSL Brasil.

O objetivo do Publicis é que o escritório brasileiro da MSL comande a expansão para a América Latina da rede especializada em relações públicas e eventos. Com isso, Paulo Andreoli passa a capitanear a atuação das 14 agências afiliadas na região, reportando-se a Jim Tsokanos, presidente da MSL para as Américas.


Criada em 1993, a Andreoli mantém atualmente uma equipe de 45 profissionais em seu escritório de São Paulo, dedicados a atividades como estratégias de comunicação corporativa, gestão de crises e public affairs para clientes internacionais como Sodexo, Hydro, OHL, BlackRock, Danone, Royal Bank of Scotland e Louis Dreyfus.

A rede também está se expandindo em outros mercados do BRIC. Nos últimos meses, o Publicis Groupe incorporou à rede MSL outras três agências de relações públicas: a chinesa Eastwei e as indianas 20:20 Media e 2020 Social (consultoria de mídia social). O grupo MSL emprega mais de 2.500 funcionários em 22 países e tem empresas afiliadas ou parceiras em outros 62 países.

O Publicis Groupe é, entre os gigantes da publicidade mundial, o que mais tem investido em aquisições no mercado brasileiro atualmente. O lance mais recente, efetivado em outubro, foi a compra de 49% da Talent e da QG. Em agosto, efetivou a aquisição de 62% da agência digital AG2, transformada na base brasileira da Publicis Modem. Em março, o grupo francês entrou na sociedade da Taterka, com participação minoritária de 5% - em uma operação que tem o claro propósito de reservar o terreno para futuras negociações de aumento de sua cota.

Ainda neste ano, o Publicis Groupe abriu a filial brasileira da Razorfish, em maio. Na seara interativa, já havia comprado no final de 2008 a Tribal, transformada no escritório brasileiro da rede Digitas. Além destas, o grupo francês controla no País as agências Leo Burnett, Publicis, Salles Chemistri e Publicis Dialog; e tem participações majoritária na F/Nazca S&S (com 53%) e minoritária na Neogama/BBH (que tem 40% de suas ações com a rede BBH, onde o Publicis Groupe detém participação de 49%).

Terceiro maior da publicidade mundial, o Publicis Groupe reportou receitas de R$ 9,07 bilhões nos nove primeiros meses do ano, o que representa um crescimento de 6,6% em relação ao mesmo período de 2009. A maior alta se deu justamente na América Latina, com 10,4%, atingindo um total de R$ 463 milhões. Os valores ainda não computam resultados de Talent, QG e AG2. Considerando-se apenas o terceiro trimestre, a América Latina teve crescimento de 9,8%, em um total de R$ 167 milhões.

Vale ressaltar que a América Latina representa somente 5% das receitas do Publicis Groupe, que se concentram nos Estados Unidos (50% do total) e Europa (31%). A Ásia tem 11%. No entanto, o Brasil está inserido em um grupo chamado de “economias de rápido crescimento”, que já respondem por 22,3% das receitas totais da holding.

Marcadores:

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.