Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

segunda-feira, novembro 23, 2009

Para Votorantim Asset, queda do dólar deve ser foco de investidores

Para Votorantim Asset, queda do dólar deve ser foco de investidores

Por: Julia Ramos Moreira Leite
20/11/09
InfoMoney

SÃO PAULO - Seja pela relativa resiliência brasileira, seja pela ainda alta taxa básica de juro do País, o Brasil é considerado pelos investidores estrangeiros como uma das melhores opções de investimento para os próximos anos. A queda do dólar frente ao real em 2009 também tem papel importante na questão.

Assim, para os gestores da Votorantim Asset, a tendência global de queda da moeda norte-americana é o principal tema a ser observado pelos investidores nos próximos meses.

"O dólar americano tem sofrido desde 2002 um movimento de desvalorização contra as principais moedas", afirmam os gestores. Segundo eles, os EUA têm um problema estrutural que atingiu seu ponto máximo - e, portanto, insustentável - durante a crise: o déficit das contas externas. "Isso tem provocado uma correção desse problema pela desvalorização de sua moeda", aponta a gestora.

Esse processo, segundo a Votorantim Asset, está longe de terminar. A desvalorização da divisa norte-americana é impulsionada pela discussão sobre seu papel como reserva internacional. "A China que hoje possui as maiores reservas internacionais do mundo, é também o maior credor dos Estados Unidos, mas vem diversificando gradualmente as suas reservas", aponta a gestora.

IOF sem efeitos
Segundo a gestora, a tributação de investimentos estrangeiros em renda fixa e variável com 2% de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) instituída pelo governo brasileiro não deve brecar a tendência mundial de queda do dólar.

"Voltamos a observar um robusto fluxo de entrada de moeda estrangeira nas contas do balanço de pagamentos brasileiro. Visto que outros fatores relevantes na determinação da taxa de câmbio - como a evolução do risco-Brasil e o diferencial entre os juros brasileiros e internacionais - também sinalizam para o fortalecimento da moeda brasileira, nosso cenário básico contempla, até o final de 2010, a continuidade da tendência de queda do dólar frente ao real", explicam os gestores.

Onde investir
Assim, o cenário da Votorantim Asset contempla para os próximos anos novas reduções no saldo da balança comercial. Confira abaixo as sugestões de alocação, de acordo com o perfil do investidor.

Perfil DI Renda Fixa Pré Multimercados Ibovespa Inflação Dólar
Conservador 47% 8% 40% 4% 1% --
Moderado 1 38% 11% 38% 10% 2% 1%
Moderado 2 31% 13% 35% 16% 3% 2%
Agressivo 21% 16% 30% 24% 4% 5%

Marcadores:

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.