Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

terça-feira, outubro 06, 2009

Todo mundo otimista - É hora de abandonar o barco da Bolsa?

Cena externa e Olimpíada garantem os 62 mil pontos da Bovespa

Valor Online

05/10/2009 18:11

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começou a semana acima dos 62 mil pontos, patamar testado algumas vezes no intradia, mas que não tinha sido confirmado desde julho do ano passado. Com 59 dos 63 ativos listados apontando alta, o Ibovespa avançou 1,96%, fechando o dia aos 62.369 pontos. O giro financeiro somou R$ 5,29 bilhões.

Tal pontuação supera os 61.517 pontos de 30 de setembro e é a maior desde 1º de julho de 2008, quando índice marcava 63.396 pontos. No ano, o Ibovespa já ganhou 66,1%.

Segundo o economista da área de renda variável da Máxima Asset Management, Felipe Casotti, o cenário externo positivo e a manutenção do otimismo dos agentes com algumas empresas que podem se beneficiar da Olimpíada de 2016 explicam os ganhos do dia.

Pelo lado externo, o crescimento da atividade no setor de serviços e uma recomendação feita pelo Goldman Sachs ao setor financeiro estimularam a retomada das compras depois de dois dias de baixa. Com isso, o Dow Jones fechou em alta de 1,18%, enquanto o S & P 500 e o Nasdaq aumentaram 1,49% e 0,98%, respectivamente

Pelo lado doméstico, os agentes continuam antecipando 2016 e, entre os ativos que podem se beneficiar com os Jogos Olímpicos, destaque para ação ON da Gerdau, que subiu 3,93%, para R$ 24,80, com o segundo maior volume do dia. A empresa fabrica aços longos, bastante utilizados em construção civil.

Varejo e serviços também devem ganhar com os Jogos. Dentro desse grupo, destaque para Lojas Renner ON, que subiu 6,67%, a R$ 32,75. CCR Rodovias ON aumentou 3,29%, a R$ 32,90, e Light ON teve acréscimo de 3,46%, a R$ 26,60.

Fora do índice, a ação ON da locadora de veículos Localiza ganhou 4,85%, a R$ 19,45, e os recibos de ações das Dufry Brasil saltaram 13,26%, a R$ 35,01, maior preço desde junho do ano passado.

Ainda de acordo com Casotti, apesar da forte valorização acumulada no ano, a tendência do mercado continua sendo de valorização. Não há sinal de problemas graves no horizonte e o fluxo de recursos continua positivo. "Tem que surfar essa onda de valorização", diz.

Voltando ao campo corporativo, os carros-chefe também atraíram compradores. Vale PNA apontou elevação de 1,53%, a R$ 37,14, enquanto Petrobras PN subiu 0,84%, a R$ 34,45.

Os bancos continuaram avançando, apoiados nas novas perspectivas que a chegada do Santander trouxe ao setor. Itaú Unibanco PN ganhou 1,94%, negociado a R$ 36,70. Bradesco PN subiu 3,44%, a R$ 36,65, e Banco do Brasil ON aumentou 1,74%, a R$ 30,85.

Ainda na ponta compradora, B2W Varejo ON ganhou 7,01%, a R$ 51,90. Klabin ON e Consan ON ganharam mais de 5% cada, enquanto Metalúrgica Gerdau PN, Redecard ON, Lojas Americanas PN, Braskem PNA, Souza Cruz ON e Tim Participações PN subiram mais de 4% cada uma.

Fora da festa, Telemar PN caiu 0,70%, a R$ 32,60, Sabesp ON teve desvalorização de 0,40%, a R$ 34,71, Telemar ON devolveu 0,12%, a R$ 39,44, e Telesp PN teve leve baixa de 0,02%, a R$ 44,00.

Fora do índice, OGX Petróleo movimentou mais de R$ 250 milhões, reverteu as perdas do período da manhã e subiu 1,30%, para R$ 1.560,02, acentuando valorização de 10,79% registrada na sexta-feira, quando a empresa anunciou a descoberta de indícios de óleo em um poço na Bacia de Santos.

(Eduardo Campos Valor)

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.