Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

segunda-feira, setembro 07, 2009

Bolsas europeias fecham em alta pela segunda sessão consecutiva

Bolsas europeias fecham em alta pela segunda sessão consecutiva

Por: Equipe InfoMoney
07/09/09 - 15h44
InfoMoney

SÃO PAULO - Um mix de referências econômicas positivas e noticiário corporativo favorável levou as bolsas europeias à segunda alta consecutiva.

O destaque dos noticiários na região ficou com a Cadbury, cujas ações subiram 37,85% e lideraram isoladas os ganhos na bolsa de Londres. A empresa rejeitou oferta de £ 10,2 bilhões (algo em torno de US$ 16,7 bilhões) da norte-americana Kraft Foods, que deverá, assim, elevar o valor proposto para adquirir a fabricante da goma de mascar Trident.

Dentre os ativos do índice FTSE 100, apenas quatro - Thomson Reuters (-1,68%), Shire (-0,67%), Standard Life (-0,56%) e Petrofac (-0,22%) - terminaram a segunda-feira (7) no vermelho.

As ações da Deutsche Telekom, maior companhia do setor de telefonia da Europa, subiram 0,74%, embaladas por rumores de que está próxima de tomar uma decisão a respeito da venda de sua unidade no Reino Unido ou mesmo da formação de uma joint venture.

Já na bolsa de Paris, destaque para a BioMerieux. As ações da empresa, que fabrica testes de hepatite e HIV, se valorizaram 5,39%, repercutindo positivamente a alta de 12% em seu lucro no primeiro semestre do ano. Com a receita líquida em € 63 milhões nos primeiros seis meses de 2009, a empresa elevou de 16% para 17% seu guidance para a margem operacional no ano.

Cenário econômico também beneficia negócios
Não só o noticiário corporativo traz boas ocorrências aos investidores europeus. Na agenda econômica, a confiança do consumidor europeu subiu pelo segundo mês consecutivo em setembro. O índice compilado pela Sentix passou de -17 pontos para -14,6 pontos, maior patamar desde julho do ano passado.

Na Alemanha, a medição de julho dos pedidos à indústria teve a quinta alta mensal seguida. O Factory Orders, ajustado por variações sazonais e pela inflação, avançou 3,5% entre junho e julho.

Por sua vez, no Reino Unido, pesquisa da Engineering Employers Federation e do BDO Stoy Hayward LLP mostrou perspectiva de queda nos estoques das fábricas britânicas nos próximos três meses. A pesquisa mostrou ainda perspectiva de que o índice de produção industrial suba para ao menos 2 pontos nos próximos três meses, em comparação com -25 pontos no terceiro trimestre.

G-20
Dentre os assuntos que estiveram em pauta no encontro de representantes do G-20, destaque para aumento do capital de instituições financeiras, controle de alavancagem, aumento da base de crédito em tempos de dificuldade econômica e supervisão de lucros e salários de instituições financeiras.

O primeiro-ministro britânico Gordon Brown declarou que "o G-20 mostrou mais uma vez que os governos de todo o mundo podem se unir para chegar a um acordo sobre a governança global, sobre a novas necessidades da economia global".

Também no encontro, Jean-Claude Trichet, presidente do Banco Central Europeu, disse que a economia mostra sinais de estabilidade.

Acompanhe o fechamento dos índices europeus
O índice FTSE 100 da bolsa de Londres apresentou valorização de 1,68% a 4.933 pontos, acumulando no ano forte alta de 11,25% enquanto o CAC 40 da bolsa de Paris operou em alta de 1,50% atingindo 3.653 pontos e sua variação no ano acumula forte alta de 13,51%.

A Bolsa de Frankfurt, apresentou uma alta de 1,47% , atingindo 5.464 pontos, acumulando uma forte valorização de 13,58%.

%Var Dia Pontos %Var 30D %Var Ano

FTSE 100 +1,68 4.933 +4,26 +11,25
CAC 40 +1,50 3.653 +3,74 +13,51
DAX 30 +1,47 5.464 +0,08 +13,58
SMI +1,09 6.182 +2,58 +11,70
FTSE MIB +1,57 22.563 +5,43 +15,95

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.