Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

terça-feira, setembro 15, 2009

BB vê melhores resultados para Gerdau e eleva seu preço-alvo para a empresa

BB vê melhores resultados para Gerdau e eleva seu preço-alvo para a empresa

Por: Equipe InfoMoney
14/09/09 - 19h28
InfoMoney

SÃO PAULO - Vendo boas perspectivas para a Gerdau (GGBR4), o BB Investimentos elevou seu preço-alvo para junho de 2010 dos papéis, agora estabelecido em R$ 29,60, com recomendação de compra.

Segundo Antonio Emilio Bittencourt Ruiz, que assina o relatório publicado nesta segunda-feira (14), o setor siderúrgico foi um dos que mais sofreu os impactos da crise e a Gerdau acabou sendo a empresa brasileira mais afetada, visto a sua forte dependência ao mercado norte-americano, o que ainda deverá limitar os rendimentos da companhia no curto prazo.

"A diversificação internacional e a agressividade nas aquisições de outras empresas, que representavam importantes pontos de diferenciação estratégica, hoje prejudicam a empresa" afirma.

Perspectiva otimista

Contudo, à luz dos primeiros sinais de recuperação na atividade do setor siderúrgico, o analista revela uma perspectiva mais otimista para a companhia.

"Mas, baseados em bastante conservadorismo, esperamos uma melhora contínua nos indicadores da companhia para os próximos trimestres e acreditamos que os valores atuais das
ações caracterizam uma boa oportunidade de investimento" aponta o BB.

Pontos positivos

O BB Investimentos destaca a exposição da companhia ao setor de construção civil nacional, o que deverá se traduzir em melhores margens nos próximos trimestres, ao passo que começam a ser sentidos mais fortemente os efeitos do programa de habitação do governo federal.

Também são drivers de crescimento a boa flexibilidade operacional apresentada pela empresa e seu bom direcionamento de vendas, assim como a rápida adaptação à mudança na dinâmica da demanda.

Contudo, a equipe de análise alerta: "estamos no momento inicial da recuperação, a retomada deve ser gradual e freada pelo excesso de capacidade global da indústria do aço.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.