Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

segunda-feira, julho 20, 2009

Vale: expansão em fertilizantes é 'objetivo estratégico'

Vale: expansão em fertilizantes é 'objetivo estratégico'

A Vale divulgou hoje um comunicado ao mercado dizendo que até o momento não realizou qualquer proposta para a aquisição de empresas no setor de fertilizantes. Na última quarta-feira, a Agência Estado publicou reportagem, na qual uma fonte afirmou que a mineradora brasileira estuda entrar na disputa pela Mosaic, empresa controlada pela Cargill Fertilizantes e a IMC Global, duas líderes no segmento de agronegócio. No comunicado, a Vale não confirma nem nega a análise de adquirir a Mosaic e apenas informa ser "frequentemente" procurada por intermediários financeiros para verificar oportunidades de aquisições no segmento de fertilizantes. Entretanto, a mineradora destaca que irá se manifestar publicamente, na eventualidade de qualquer decisão. A companhia ressaltou que a expansão no segmento de fertilizantes é considerada um de seus "objetivos estratégicos". Segundo o comunicado, a mineradora tem a sua disposição "amplas formas de opções de crescimento orgânico". A empresa informou que esse caminho é tido como prioritário e oferece alto retorno. "Superior àquelas apresentados por eventuais investimentos em aquisições de empresas", diz. Entretanto, no início do comunicado, a mineradora lembrou que também explora aquisições de ativos e empresas como instrumento para atingir seu objetivo permanente de criação de valor. "Com seus investimentos em projetos de fertilizantes, a Vale dará importante suporte como fornecedora de matéria-prima para a expansão da agricultura brasileira, uma das maiores e com maior potencial de crescimento no mundo, contribuindo, inclusive, para que nossos agricultores possam se defrontar com um ambiente bem mais competitivo na oferta de insumos essenciais para a produtividade de suas lavouras", diz o comunicado. A empresa lembrou ainda que, por sua sólida posição financeira, é naturalmente alvo de rumores e especulações sobre compra de empresas no ramo de mineração. A reportagem publicada pela Agência Estado na última quarta-feira, informou que a principal concorrente da Vale, a anglo-australiana BHP Billiton também estaria interessada na Mosaic. O negócio é avaliado em cerca de US$ 25 bilhões, cifra que embute um prêmio de controle sobre o atual valor de mercado da companhia, que gira na casa dos quase US$ 20 bilhões na Bolsa de Valores de Nova York. Segundo a fonte, a Cargill vem sendo assessorada na venda do ativo pelo Banco Credit Suisse. Já a Vale estaria trabalhando com o Morgan Stanley no desenvolvimento de uma proposta a ser levada aos controladores da Mosaic, uma das líderes na produção e comercialização de fertilizantes e nutrientes para alimentação animal e que atua em mais de 40 países.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.