Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

terça-feira, maio 12, 2009

Lucro líquido da Petrobras recua 20% e totaliza R$ 5,81 bi no primeiro trimestre

Por: Equipe InfoMoney
11/05/09 - 19h12
InfoMoney

SÃO PAULO - A Petrobras (PETR3, PETR4), maior empresa brasileira em valor de mercado, encerrou o primeiro trimestre de 2009 com um lucro líquido de R$ 5,816 bilhões, montante 19,7% inferior ao reportado no mesmo período de 2008.

Conforme nota divulgada pela empresa na noite desta segunda-feira (11), os dados reportados vieram, de modo geral, acima das expectativas. Na comparação com as projeções dos analistas consultados pela InfoMoney, destaque para o lucro e geração operacional de caixa em cerca de 12% superiores à média das estimativas consideradas.

Confira os números do trimestre

(em R$ milhões) 1T09 1T08 Variação (%) Projeção 1T09* Variação (%)
Receita Operacional Líquida 42.595 46.835 -9,1% 43.111 -1,2%
Ebitda** 13.423 14.183 -5,4% 11.929 +12,5%
Lucro Líquido 5.816 7.239 -19,7% 5.181 +12,3%
*Projeção média dos analistas de Ágora, BB Investimentos e Itaú
**Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização

Queda nos preços e na demanda
A companhia creditou o recuo de 20% no lucro líquido consolidado à redução no preço das commodities e a retração da demanda por derivados no mercado interno.

"O aumento de 6% na produção de óleo e gás no País e o reajuste de preços do diesel e da gasolina em maio/2008, bem como, a redução das importações e das participações governamentais, em decorrência das cotações do petróleo, atenuaram esses efeitos", conclui o comunicado.

Despesas
As despesas operacionais da estatal apresentaram aumento de R$ 892 milhões no período, com destaque para custos exploratórios, que totalizaram R$ 326 milhões, e despesas de vendas de R$ 306 milhões, "reflexo das maiores exportações e trading, acarretando acréscimo no afretamento de navios, além da inclusão de novas empresas e aumento dos gastos com pessoal devido a acordos coletivos no País, bem como da desvalorização do real."

Investimentos
Os investimentos da estatal totalizaram R$ 14,3 bilhões no primeiro trimestre, em grande parte para atender a meta prioritária da empresa de ampliar a capacidade futura de produção de petróleo e gás natural no País.

Este montante representa incremento de 41% sobre os recursos aplicados no mesmo período do ano passado. "Atualmente, a companhia mantém 108 concessões em parcerias. Para esses empreendimentos, prevê-se que os investimentos totais serão da ordem de US$ 15,325 bilhões, até o fim do exercício de 2009."

Ações esperam com queda
Na espera pela divulgação dos resultados trimestrais, as ações da Petrobras enfrentaram um pregão de perdas na BM&F Bovespa. Os papéis ordinários da estatal encerraram a sessão regular com retração de 0,86%, cotados a R$ 41,30. As ações preferenciais registraram queda de 0,39%, fechando cotadas a R$ 32,87.

O Ibovespa encerrou o dia com desvalorização de 0,82%, em 50.976 pontos.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.