Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quinta-feira, abril 02, 2009

Deutsche Bank acredita que Brasil saíra fortalecido da crise global

Por: Vitor Silveira Lima Oliveira
02/04/09 - 16h43
InfoMoney

SÃO PAULO - "O Brasil está posicionado para emergir mais forte da crise
financeira global". A frase não provém de um membro do Governo, mas sim do
analista Markus Jaeger, do Deutsche Bank, que ressaltou a solidez do
sistema bancário e das contas públicas brasileiras, além do espaço para
redução do juro básico.

Isto não quer dizer que o Brasil escapará dos efeitos perversos da recessão
global. Pelo contrário, o economista do banco alemão ressalta o declínio do
crescimento econômico no País neste ano. Todavia, o cenário pós-crise
deverá apresentar um fortalecimento relativo do país frente aos mercados
desenvolvidos e emergentes.

Motivos
Uma primeira razão para isto decorre da pequena necessidade de
financiamento para o fechamento das contas externas, limitando a
dependência de fluxos externos graças a investimentos estrangeiros diretos
- algo precioso, no momento em que os mercados de crédito continuam
paralisados.

Ademais, Jaeger ressalta as amplas reservas cambiais acumuladas pelo País,
que o "protegem de choques externos" ao posicioná-lo como credor externo
líquido. Ao contrário de anos atrás, uma desvalorização da moeda brasileira
reduz a dívida líquida do setor público.

Combate à crise
Também é ressaltada a possibilidade inédita da adoção de medidas
anti-cíclicas pelo Governo. Embora limitado, o analista do Deutsche Bank
entende haver - de fato - espaço para a introdução de estímulos fiscais
durante a crise de crédito.

Contudo, o estímulo principal à economia deverá provir de outra fonte - a
política monetária. "O Brasil poderá reduzir substancialmente suas taxas de
juro e estimular a demanda doméstica, sem ameaçar a estabilidade
econômica", afirmou Jaeger.

Ao contrário do que ocorreu em outros países, taxas de juro mais baixas
terão o poder de estimular a economia por conta da solidez do sistema
bancário nacional - "cedo ou tarde o canal de crédito será 'desentupido' e
reascenderá a demanda doméstica".

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.