Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

sexta-feira, março 13, 2009

Furlan aponta alta das vendas da Sadia e espera 2º semestre melhor

RIO - O presidente do Conselho de Administração da Sadia, Luiz Fernando Furlan, revelou hoje que as vendas da companhia estão em ritmo ascendente desde dezembro, com destaque para o mercado interno. O executivo afirmou que o processo de recapitalização da companhia - afetada no ano passado por perdas de R$ 760 milhões devido a aplicações com derivativos - está "andando bem".
O ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, que voltou para a empresa depois da revelação da aposta feita com derivativos, destacou que mesmo o mercado internacional, mais afetado pela crise econômica global, se acomodou em termos de volumes vendidos. Segundo ele, a valorização do dólar evitou uma queda mais brusca nos valores.
"A parte operacional da empresa caminha de forma relativamente normal e temos a expectativa de redução de custos com a entrada da safra agrícola, com preços menores do que há um ano", ressaltou Furlan, que participou hoje de encontro de empresários com o príncipe Charles, herdeiro da Coroa Britânica, no Palácio do Itamaraty, no Rio de Janeiro.
O executivo se mostrou otimista em relação à recuperação do mercado externo para a Sadia ainda este ano. Segundo ele, a tendência é de um segundo semestre melhor que o primeiro, devido a redução de estoques. "Em algumas regiões já regularizou (o estoque). Os preços inclusive começam a melhorar", disse, sem citar valores.
O executivo considerou "dentro das expectativas" a decisão do Comitê de Política Montaria do Banco Central (Copom), que ontem reduziu em 1,5 ponto percentual a taxa básica de juros, para 11,25% ao ano.
(Rafael Rosas Valor Online)

Marcadores:

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.