Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

terça-feira, março 10, 2009

Fala de CEO do Citigroup apóia disparada de bancos e Wall Street vive euforia

Por: Conrado Mazzoni Cruz
10/03/09 - 18h58
InfoMoney

SÃO PAULO - Um memorando direcionado a funcionários do banco foi suficiente para o CEO (Chief Executive Officer) do Citigroup, Vikram Pandit, promover uma disparada de dois dígitos às ações do setor financeiro, configurando a maior alta de Wall Street em 2009 nesta terça-feira (10).

As ações do Citi, que chegaram a valer menos de US$ 1 na semana passada pela primeira vez na história, tiveram valorização de 38,10% e lideraram os ganhos do dia. Os papéis de Bank of America (+27,73%), Wells Fargo (+18,46%), JPMorgan Chase (+22,64%), Goldman Sachs (+15,32%) e Morgan Stanley (+26,46%) deram proporções maiores às palavras de Pandit.

O motivo? "Estamos tendo o melhor trimestre desde o terceiro trimestre de 2007", disse o CEO. Segundo ele, a instituição conseguiu se manter rentável nos dois primeiros meses deste ano e a receita antes de despesas totalizou US$ 19 bilhões.

Bernanke
O momento de euforia dos bancos dividiu atenções com discurso do presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, ao Conselho de Relações Exteriores, onde apontou mais uma vez a necessidade de aumento da supervisão. Pediu uma reforma da arquitetura do sistema financeiro, cuja visão deverá ser mais geral.

Em um primeiro momento, ele clamou para uma mudança na mentalidade relativa a instituições que seriam "muito grandes para falir", uma vez que a confiança excessiva na impossibilidade de falência da companhia por conta das garantias governamentais reduz a disciplina e promove postura excessivamente agressiva dos tomadores de risco.

Para resolver o problema, as instituições devem ser acompanhadas de modo especial, com mais vigor, para evitar fragilidades. Isto inclui a promoção de legislação específica para as grandes holdings financeiras.

Melhor pregão
Em resumo, o otimismo na indústria bancária contaminou outros setores. Depois de terem atingido mínimas em cerca de 12 anos na véspera, os índices Dow Jones e S&P 500 viveram sua maior elevação do ano, subindo 5,8% e 6,4%. Assim como o Nasdaq, que obteve ganhos de 7%.

Marcadores:

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.