Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quarta-feira, março 25, 2009

Bom dia ADVFN - Pacote habitacional pode estar causando altas nas ações do setor

Notícias em destaque

Agenda do investidor agitada
Esta quarta-feira (25/03) promete ao investidor um dia com diversos
indicadores, tanto no âmbito interno quanto externo. No Brasil, uma enorme
carga de índices inflacionários medidos pela FIPE e IBGE será divulgada.
Nos Estados Unidos, números sobre a venda de novas casas serão publicados.
Este indicador terá como base o mês de fevereiro deste ano e está sendo
acompanhado com muito cuidado pelos economistas para saber até que ponto o
setor imobiliário está se expandindo no país. Outro índice que mostrará o
aquecimento da economia é o Durable Good Orders, responsável por medir o
número de pedidos e entregas dos bens duráveis, onde quanto maior, melhor
ao giro da economia interna norte-americana. Não podendo faltar, o índice
semanal que mede os estoques de petróleo dos Estados Unidos também será
divulgado hoje. Voltando ao Brasil, a série de resultados corporativos
continua, com destaque à OdontoPrev, MRV Engenharia e Rossi Residência.

Pacote habitacional pode estar causando altas nas ações do setor
Após as seguidas declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a
respeito de um novo pacote habitacional, investidores estão notando uma
intensa movimentação nas ações de empresas relacionadas ao setor, uma vez
que elas poderão se beneficiar ao participar na execução deste novo
planejamento econômico. As ações das empresas como Cyrela, MRV e Gafisa
chegaram a marcar altas superiores a 20% deste o início deste mês, onde
algumas se aproximaram de 30% de valorização no período. Segundo João
Crestana, presidente da Comissão Nacional da Indústria Imobiliária, o
pacote habitacional deve criar cerca de 400.000 postos de trabalho. Um
ponto muito positivo, uma vez que o setor foi o que mais perdeu empregos
entre dezembro e janeiro, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e
Estatística (IBGE).

Últimos resultados corporativos em destaque
Apesar de um aumento na receita líquida com as vendas, a Suzano Papel e
Celulose registrou um lucro líquido anualizado de R$ 451 milhões, contra um
lucro de R$ 537 milhões em 2007. A variação cambial, entre outros motivos,
fez com que a empresa no último trimestre do ano passado tenha registrado
um prejuízo líquido de R$ 495 milhões, contra R$ 85 milhões em lucros do
quarto trimestre de 2008. Do outro lado da moeda, a Cemig apresentou um
resultado 8,3% maior em comparação ao ano retrasado, com um lucro líquido
de R$ 1,887 bilhão. Ainda mais além, a PDG Realty divulgou uma alta de 156%
em seu lucro líquido, ao acumular R$ 182,46 milhões em 2008.

Marcadores:

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.