Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

segunda-feira, maio 05, 2008

Abertura de Mercado em 05/05/2008

ABERTURA: YAHOO DESPENCA E DEIXA CLIMA MORNO NO EXTERIOR

São Paulo, 5 - Com os feriados no Japão e no Reino Unido, a liquidez fica abaixo da normalidade para
uma segunda-feira, que começa com perdas amenas nas bolsas de Paris e Frankfurt. Os futuros de Wall
Street cedem, com as ações da Yahoo despencando 21% no pré-mercado, após a Microsoft retirar a
oferta de compra da companhia. O petróleo volta a subir, com a combinação do interesse renovado por
parte de fundos de pensão e com a elevada proporção de opções de compra indicando potencial
adicional de ganhos para a commodity.

ISM de serviços abre semana fraca em dados nos EUA - Na agenda do dia, o destaque é a divulgação
do índice de atividade do setor não-industrial, o ISM de serviços, às 11 horas (de Brasília). A previsão é
de 49,8 em abril, perto dos 49,6 registrados no mês anterior. Às 21h30, o presidente do Federal Reserve,
Ben Bernanke, vai falar sobre inadimplência e execução de hipotecas no jantar anual da Columbia
Business School em Nova York. A semana é mais fraca em termos de indicadores nos EUA, com
destaque para o dado de vendas pendentes de imóveis residenciais em março, na quarta-feira, e a
balança comercial de março, na sexta-feira.

Aqui, tem indicadores industriais da CNI à tarde - Já a pesquisa Focus, também na agenda de hoje,
certamente terá atraso em relação às novas expectativas do mercado após o investment grade,
concedido pela S&P na última quarta-feira. A próxima deverá ser mais fiel às novas perspectivas. O
IPC-S veio em 0,72%, dentro das previsões.

IPCA e produção industrial são destaques da semana - O IPCA será divulgado apenas na sexta-feira.
Antes deste índice serão divulgados o IPC-Fipe de abril (amanhã), o IGP-DI de abril (quarta) e o IPC-S da
primeira semana de maio (na quinta). No mesmo dia do IPCA, sai a primeira prévia de maio do IGP-M. A
produção industrial será divulgada amanhã, às 9 horas, pelo IBGE. Na quarta-feira, durante a reunião da
coordenação política, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, vão
avaliar os impactos de curto, médio e longo prazos da reclassificação brasileira pela agência Standard &
Poor's, segundo manchete de ontem do jornal O Estado de S. Paulo. O governo estaria disposto a
recorrer a uma nova calibragem no pedágio cobrado para o ingresso de capitais estrangeiros se, de fato,
a chancela do investment grade provocar uma enxurrada incontrolável de dólares no mercado doméstico.

FGV: IPC-S de até 30/4 fica em +0,72% ante +0,81% no anterior - O resultado veio dentro das
estimativas de economistas ouvidos pelo AE Projeções - de 0,68% a 0,89% - porém levemente acima da
mediana, de 0,70%.

BC divulga às 8h30 pesquisa Focus - A pesquisa semanal Focus contém previsões do mercado para os
principais indicadores econômicos e financeiros. Na pesquisa anterior, as projeções subiram de 4,71%
para 4,79% para o IPCA 2008 e mantiveram-se em 4,40% para o IPCA de 2009 e em 4,60% para o
crescimento do PIB de 2008.

Balança comercial da primeira semana de maio às 11h - O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e
Comércio Exterior (MDIC) divulga, às 11 horas, o resultado da balança comercial referente à primeira
semana de maio.

CNI divulga indicadores industriais às 14h - A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulga às 14
horas a pesquisa Indicadores Industriais referente ao mês de março. Serão divulgados dados setoriais
sobre a venda real das indústrias, horas trabalhadas na produção, pessoal empregado e remuneração
paga. A pesquisa também traz os dados sobre o Nível de Utilização da Capacidade Instalada da
indústria, permanentemente no foco dos mercados para verificação das condições da oferta frente ao
crescimento da demanda agregada e o que isso pode significar em termos de pressão inflacionária.

Redecard, Gafisa e Light divulgam balanços - A Redecard divulga balanço hoje antes da abertura do
mercado. Depois do fechamento do pregão, saem os resultados do primeiro trimestre da construtora
Gafisa, Magnesita, Profarma, Light e Bematech.

Oi promove teleconferência com analistas às 10h - A Oi faz teleconferência com analistas de
investimentos para comentar os resultados de 2007 a partir das 10 horas. Na sexta-feira à noite, a OI
apresentou lucro líquido de R$ 485,7 milhões no primeiro trimestre de 2008, o que representa uma alta de
41,73% em relação ao mesmo período do ano passado.

Dieese divulga custo da cesta básica - O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos
Sócio-Econômicos (Dieese) divulga, a partir das 13 horas, os resultados da Pesquisa Nacional da Cesta
Básica realizada mensalmente em 16 capitais, bem como o valor do salário mínimo necessário.

Miguel Jorge participa às 15h30 de seminário em SP - O ministro do Desenvolvimento, Indústria e
Comércio Exterior, Miguel Jorge, participa, às 15h30, em São Paulo, do Seminário sobre Oportunidades
de Negócios na Índia, reunindo-se com representantes da Apex-Brasil e empresários envolvidos na
organização de uma missão com destino àquele país.

Bernardo e Genro participam de seminário sobre orçamento público - Os ministros Paulo Bernardo
(Planejamento, Orçamento e Gestão), Tarso Genro (Justiça) e Marina Silva (Meio Ambiente) participam,
no Brasil Alvorada Hotel, a partir das 14h30, do 35º Seminário Internacional de Orçamento Público. Estão
convidados também a secretária de Orçamento Federal, Célia Corrêa, especialistas e técnicos do
governo brasileiro e de outros países.

CMS decide sobre desligamento de termoelétricas às 9h30 - O desligamento de algumas das usinas
termoelétricas movidas que foram ligadas no final de janeiro para economizar água dos reservatórios das
usinas hidrelétricas deverá ser decidido na reunião que o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico
(CMSE) terá, a partir das 9h30. Do comitê, presidido pelo ministro de Minas e Energia, Edison Lobão,
participam dirigentes da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Agência Nacional do Petróleo
(ANP), Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e Câmara de Comercialização de Energia
Elétrica), além de um representante da sociedade civil.

Começa hoje pregão estendido para câmbio na BM&F - O pregão estendido, com negociação exclusiva
no GTS, para os contratos referenciados na taxa de câmbio de reais por dólar dos EUA, começa a
vigorar a partir de hoje. O horário de negociação será das 16h10 às 18 horas - com a extinção, portanto,
da sessão after-hours.

Yahoo despenca em manhã sem liquidez no exterior

Yahoo pesa nos futuros de NY em baixa - A queda de 21% dos papéis da Yahoo nas negociações de
pré-mercado influencia o Nasdaq 100 futuro, que perdia 0,57%. O S&P 500 cedia 0,54%. Os investidores
ajustam o preço do papel da Yahoo e tiram US$ 8,7 bilhões do valor de mercado da companhia, após a
Microsoft desistir da tentativa de comprar a empresa. O preço da ação da Yahoo de US$ 22,60 está
quase 32% abaixo do preço ofertado pela Microsoft de US$ 33 - um valor considerado inadequado pela
companhia de Sunnyvale, mas ainda está acima do preço de US$ 19,18 de 1 de fevereiro, quando a
Microsoft revelou sua proposta.

Paris e Frankfurt em baixas moderadas - Às 7h44, o DAX, de Frankfurt, perdia 0,08% e o CAC-40, de
Paris, 0,26%, às 7h54, com um volume muito fraco de negócios.

Expectativa de inflação menor agrada investidor na China - O Xangai Composto subiu 1,8%, ajudado
pela redução das preocupações com a adoção de medidas de aperto macroeconômicas, por conta de
especulações de que a inflação de abril será ligeiramente menor do que a verificada em março. Há
especulações de que a alta do índice de preços ao consumidor se desacelere para 8% em abril, ante
8,3% em março. Os números serão anunciados no dia 12. Em Hong Kong, o Hang Seng fechou em baixa
de 0,2%. Além da Bolsa de Tóquio, os mercados da Coréia do Sul e da Tailândia não funcionaram
também.

Dólar cai - O dólar cedia 0,18%, a 105,21 ienes, enquanto o euro ganhava 0,30%, a US$ 1,5466.

Semana encerrou em clima de festa com investment grade

Selo grau de investimento ao Brasil garantiu fôlego redobrado ao mercado doméstico na sexta-feira -
Isso permitiu que várias marcas históricas fossem superadas. O Ibovespa renovou o recorde de
pontuação, ao fechar aos 69.366,4 pontos, em alta de 2,21%. Também deixou para trás a marca intraday,
ao atingir a máxima de 70.973 pontos (+4,57%). E foi recorde o volume financeiro (sem considerar os
dias de vencimentos), de R$ 11,088 bilhões.

Juros futuros mudaram radicalmente o humor - Os investidores ficaram animados com a perspectiva de
entrada de recursos estrangeiros para ativos de renda fixa de longo prazo. Um fluxo intenso de
aplicações derrubou as taxas de longo prazo, em um pregão de forte volume de negócios. Ao final do
pregão regular, o DI com vencimento em janeiro/10 projetava taxa de 13,57%, de 13,67% na quarta-feira
(446.440 contratos negociados); DI janeiro/09 encerrou o dia com taxa de 12,80%, ante 12,77% no
pregão anterior (giro de 316 mil contratos); e DI janeiro/12 caiu de 13,63% para 13,31% (volume de 154
mil contratos).

Dólar à vista negociado no mercado de balcão encerrou o pregão no menor nível desde 10 de maio de
1999 - A moeda fechou em queda de 0,78%, cotado a R$ 1,65 (na mínima, bateu em R$ 1,646 e, na
máxima, em R$ 1,657). Na roda da BM&F, a queda foi de 2,25%, a R$ 1,6480, depois de oscilar entre
R$ 1,646 e R$ 1,658.

Clima foi positivo no exterior - O quadro favorável foi provocado pelos bons números do mercado de
trabalho norte-americano. Os investidores encontraram no payroll mais um indício de que o Federal
Reserve deverá mesmo manter os juros inalterados por algum tempo, em 2%, como já sinalizou ao
término da reunião do Fomc de quarta-feira. Em Wall Street, o Nasdaq fechou o dia em queda de 0,15%,
e o Dow Jones subiu 0,37%.

(Equipe AE)

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.