Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

segunda-feira, março 31, 2008

Mesmo sensíveis à crise, papéis ligados a commodities guardam boas oportunidades

SÃO PAULO - Os sinais da crise passaram a ser evidenciados pelo mercado internacional de commodities, que na semana anterior amargou bruscas oscilações. A grande questão levantada é como o preço das matérias-primas vai reagir à disseminação da crise de crédito.

Grande parte das commodities vem de um respeitável ciclo ascendente nos últimos anos, sustentado basicamente pela sólida demanda em nível global. Mas o enfraquecimento da atividade econômica ao redor do mundo pode penalizar esse retrato, fator que alimenta as dúvidas com o futuro deste segmento.

Internamente, a grande dependência da economia brasileira do mercado de commodities amplia ainda mais estas preocupações, tendo em vista que um volume considerável dos ativos de maior liquidez da bolsa brasileira é atrelado às variações do mercado internacional de commodities.

De olho nesta questão, os analistas do Citigroup buscaram avaliar o atual momento dos papéis brasileiros diretamente relacionados às oscilações de preço das matérias-primas. De modo geral, as perspectivas ainda favorecem as ações brasileiras do setor, com maior destaque para os ativos da Petrobras e do segmento de papel e celulose.

Petrobras pode trazer surpresas...

As ações de maior volume da bolsa brasileira acumulam desvalorização superior a 17% desde o começo do ano, fator que gera dúvidas se o momento é bom para a compra dos ativos ou as perspectivas incorporam incertezas suficientes para limitar ainda mais o potencial das ações.

Na avaliação dos analistas do Citi, o noticiário pode trazer novas surpresas agradáveis para os acionistas da estatal, fator que sustenta a recomendação de compra às ações. Para a instituição, a camada pré-sal ainda reserva grande potencial de novas jazidas, que podem estar próximas de serem anunciadas.

Em adição, o Citi ressaltou que espera uma resposta operacional da empresa, com o crescimento da produção, outro ponto positivo para a Petrobras. Em meio a estas considerações favoráveis, os analistas buscaram citar que vêem com otimismo as operações da estatal no segmento de óleo e gás natural, mas as investidas em outros ramos não agradam na mesma proporção.

Papel e celulose em alta

A Petrobras dividiu os holofotes com os ativos ligados ao mercado de papel e celulose. A perspectiva estável em relação aos preços, com o aguardo de um reajuste para abril, se uniu à visão otimista da possibilidade de um movimento de consolidação do setor para determinar a recomendação favorável com o segmento.

Tendo em vista essas premissas, os analistas reiteraram sua sugestão de compra para os papéis dos principais drivers brasileiros do setor, Aracruz, Suzano e VCP.

Bom também para Cosan e Ultrapar

Já em relação aos papéis da Cosan, duramente penalizados no ano passado, os analistas acreditam que a combinação positiva entre demanda e custos operacionais relativamente baixos tende a guiar o momento dos papéis, fator que se alia à possibilidade de consolidação.

O foco da administração da Ultrapar em gerar valor a seus acionistas foi destacado como importante tópico à atratividade dos papéis da companhia, que tiveram sugestão de compra reiterada. Também foram citados o programa de recompra de ações, o crescimento orgânico e o balanço operacional sólido.

Mais cautela com Braskem e Brasil Ecodiesel

Apesar de assumir que a administração da Braskem se esforça para conter o cenário macroeconômico negativo, os analistas destacaram a força do mesmo sobre o desempenho das ações. Inspirando maior cautela, o Citi recomenda a "manutenção" dos ativos da empresa.

Em relação às ações da Brasil Ecodiesel, o sentimento também é conservador. Na avaliação do banco, os fundamentos de curto prazo da companhia continuam "fracos". Ainda assim, algumas possibilidades podem beneficiar, como o novo leilão de biodiesel programado para abril, em que os analistas recomendam olhar com atenção para os preços adotados.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.