Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Novos recordes ou correção? Análise técnica traça perspectivas ao Ibovespa

Por: Juliana Pall Farias
28/02/08 - 16h00
InfoMoney

SÃO PAULO - Seis pregões consecutivos de valorização e o Ibovespa, principal índice de ações do mercado acionário doméstico, se aproxima de seu recorde histórico em fechamento, de 65.791 pontos, alcançado em 6 de dezembro do ano passado.

A seqüência positiva de ganhos apresentada pela bolsa brasileira, com volatilidade no meio deste percurso e por vezes se descolando de sessões negativas em Wall Street, mascara um cenário ainda tenso com os indicadores econômicos pouco animadores dos EUA e a possibilidade de recessão no país.

Diante deste contexto, o que a análise técnica tem a dizer sobre os próximos passos do Ibovespa? Há espaço para a busca de novos recordes ou o mercado perderá o fôlego após estas sucessivas altas, cedendo à realização?

Mais perguntas que respostas
As respostas para estas perguntas parecem não ser tão objetivas. Se por um lado o mercado se mostra "comprado", e pode caminhar rumo ao recorde histórico de pontos do Ibovespa no intraday (66.528 pontos), em contrapartida um movimento de realização para os próximos dias não está descartado.

Marco Ignatowski Barcelos, da assessoria de investimentos Investor, traz uma leitura cautelosa para o comportamento do índice nos próximos dias. Após as recentes e fortes altas, que levaram o mercado a seu atual patamar, próximo dos recordes históricos, abre caminho para a realização.

A dica de Barcelos para quem pretende fazer novas compras é disciplina e posições acompanhadas de stop loss.

Já Rogério Kirschbaum, da Trading Educators, avalia que a tendência da renda variável doméstica é de alta e que o atual movimento do Ibovespa mira o topo histórico de intraday. Caso correções venham a se apresentar, o índice então testaria suportes em 64.400 e 63.600 pontos.

Passando pelo recorde

O analista gráfico da Ativa Corretora Rubens Góes enxerga indefinição nos indicadores técnicos. A primeira resistência que o benchmark encontra está na faixa dos 66.500 pontos, coerente com as demais análises que mostram o Índice Bovespa em teste do recorde histórico de intraday. Superado este patamar, o mercado segue em compra e com novos objetivos em 68.000 e 70.000 pontos.

Na outra ponta, a perda de 65.000 pontos abre caminho para o mercado desafiar os suportes nos patamares de 64.600 e 64.000 pontos. Abaixo deste último, o canal de alta estaria perdido, deixando o mercado livre para realizar, com próximos objetivos em 63.400, 62.600, 61.600 e 60.700 pontos.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.