Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quarta-feira, fevereiro 06, 2008

Intenção de elevar investimentos no trimestre persiste para 66% dos empresários do país

Valor Online
06/02/2008 19:31

SÃO PAULO - A perspectiva de crescimento econômico do país e a aposta em continuidade do aumento do emprego, da renda e da oferta de crédito para o consumo parecem dar ânimo para que os empresários brasileiros apostem em mais investimentos. A constatação vem de pesquisa da Serasa, onde foi apontado que 66% das empresas consultadas esperam elevar os investimentos nos três primeiros meses deste. Considerando todo o primeiro semestre, essa fatia aumenta para 68%.

O levantamento, feito na segunda semana de janeiro com 1.007 empresas de todos os setores, portes e regiões do país, revela ainda que as empresas mais confiantes nesse quesito estão no setor de Serviços, onde 71% dos empresários elevarão investimentos no primeiro trimestre e 55% deles acreditam que os estoques ficarão equilibrados tanto no primeiro trimestre deste ano, como no semestre, quando a proporção passa para 57%.

Essa intenção favorável de investir pode ter amparo na avaliação de que o Produto Interno Produto (PIB) do Brasil deve ficar maior neste ano na opinião de 69% dos entrevistados. E mesmo que a maioria acredite que o real deva continuar ganhando valor sobre o dólar - previsão feita por 63% dos empresários - a previsão para os indicadores de emprego e renda é de evolução para 46% e 43% dos entrevistados, respectivamente.

Outro fator de impulso para o consumo é a oferta de crédito. Para 79% dos consultados, haverá aumento dos financiamentos para pessoas físicas e jurídicas nos três meses iniciais de 2008. No período de seis meses, a fatia de bancos que apostam na expansão é de 80% no caso do crédito ao consumo e de 75% para o crédito destinado a empresas.

Com essa estimativa de evolução, as previsões são de aumento tanto da inadimplência como do endividamento. No primeiro caso, 49% dos empresários acham que haverá aumento e 32% projetam estabilidade. No caso do endividamento, o avanço é esperado por 66% dos entrevistados.

Essas estimativas para o crédito não devem, no entanto, alterar as proporções de modalidades de pagamento. As empresas avaliam que a composição das vendas à vista e a prazo devem continuar de 34% para 66%, respectivamente, tanto para o trimestre como para o período semestral.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.