Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quarta-feira, fevereiro 27, 2008

Discurso do presidente do Fed sinaliza corte no juro e eleva Nasdaq e Dow Jones

Por: Equipe InfoMoney
27/02/08 - 19h06
InfoMoney

SÃO PAULO - Depois de três altas consecutivas, as principais bolsas norte-americanas fecharam sem tendência definida nesta quarta-feira (27). Se, de um lado o discurso do presidente do Fed foi bem recebido ao sinalizar novos cortes na taxa básica de juro dos EUA, pelo outro as preocupações sobre inflação não abandonaram o mercado.

Em pronunciamento ao Congresso, Ben Bernanke afirmou que a instituição atuará conforme for preciso para combater os riscos de deterioração da economia. Os índices Dow Jones e Nasdaq terminaram em alta, enquanto o S&P 500 caiu.

Diante do risco inflacionário, que foi inclusive citado pelo chairman, as atenções do mercado se voltaram para os preços do petróleo. Após atingir marca histórica na véspera, a cotação do barril recuou, mas segue beirando os US$ 100.

Aéreas desabam
A sólida evolução nas cotações da commodity traz incertezas sobre o setor aéreo ao sugerir pressão dos custos e, assim, redução das margens operacionais. Os papéis da Delta e da Northwest encerraram com desvalorização de 5,72% e 5,68%, respectivamente.

Bolsas dos EUA sem tendência
O índice Nasdaq Composite, que concentra as ações de tecnologia, fechou em leve alta de 0,37% a 2.354 pontos, acumulando no ano forte baixa de 11,25%.

O Dow Jones, que mede o desempenho das 30 principais blue chips norte-americanas, encerrou o pregão em leve valorização de 0,07%, atingindo 12.694 pontos e caindo 4,30% no ano.

Por fim, o S&P 500, que engloba as 500 principais empresas dos EUA, apresentou queda de 0,09%, chegando a 1.380 pontos e acumulando no ano forte baixa de 6,02%.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.