Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

terça-feira, janeiro 15, 2008

Especial Ibovespa: graças à Vale, Bradespar deve marcar mais um bom ano em 2008

Por: Gabriel Ignatti Casonato
14/01/08 - 20h15
InfoMoney

SÃO PAULO - Nesta segunda-feira (14), tem seqüência a cobertura especial de notícias da InfoMoney sobre os papéis que compõem o Ibovespa, com os investidores tomando conhecimento das expectativas dos analistas para as ações preferenciais da Bradespar em 2008.

No ano passado, os papéis da holding com participação acionária na Vale e na CPFL Energia subiram expressivos 86%, impulsionados principalmente pelo bom desempenho da mineradora no período, já que a companhia tem suas receitas e ganhos originados dos balanços das empresas em que investe.

Os resultados trimestrais recordes da Vale e, em menor proporção, as boas performances operacionais da CPFL, renderam à holding cifras superiores àquelas observadas em 2006, o que impactou de forma positiva as ações do grupo.

Neste contexto, diante da expectativa promissoras para o mercado de minério de ferro, os analistas se mostram otimistas com a possibilidade de a Bradespar manter o forte ritmo de crescimento e os bons números verificados no último ano.

No caminho da Vale
Incorporando as perspectivas positivas para o desempenho da Vale em 2008, com a percepção de forte demanda chinesa sem a contrapartida de crescimento proporcional da oferta de minérios, os analistas demonstram, em sua maioria, expectativas animadoras para o rumo das ações da Bradespar neste ano.

Considerando a companhia como um bom veículo de investimento para a Vale e sua participação significativa na mineradora, a Brascan Corretora ressalta que uma eventual venda de ativos da Vale provavelmente pagará um prêmio sobre o valor justo dos papéis da holding.

Já o Credit Suisse recomenda que os investidores interessados em exposição nos fundamentos da Vale também mantenham posições na Bradespar, especialmente em razão da intensa atividade de fusões e aquisições na indústria de mineração.

Segundo o banco de investimento suíço, por ter participação relevante no bloco de controle da mineradora, os papéis da empresa deveriam operar com prêmio frente aos dela, o que ainda não ocorre.

Holding tem suas vantagens
Outro ponto favorável apontado pelos analistas é a vantagem de se investir em uma holding. Para muitos deles, uma das estratégias mais interessantes para se obter sucesso é a de diversificar o investimento alocado com ações em companhias de diferentes setores, reduzindo assim os riscos.

Tendo em vista esta avaliação, a holding aparece como uma excelente opção estratégica, já que ela tem como atividade principal a participação acionária em uma ou mais empresas. Assim, ao aplicar na Bradespar, indiretamente você também investe em outras companhias, no caso Vale e CPFL.

"A grande vantagem da holding é diluir um pouco o risco do investimento, porque às vezes se um negócio não vai tão bem, outro acaba gerando um efeito positivo, o que não o deixa a mercê do desempenho de apenas um setor", avalia a Win, Homebroker da Alpes Corretora.

Recomendação de compra
Acreditando que o momento pode ser favorável aos papéis da Bradespar, o UBS Pactual recomenda a compra e estima um preço-alvo de R$ 60,00 para o final do ano, mesmo valor projetado pela Senso Corretora, o que representa um upside de 37% com base no fechamento do pregão desta segunda-feira.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.