Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quinta-feira, janeiro 03, 2008

Contrariando as incertezas, analista foca emergentes e prevê ano positivo às bolsas

Por: Roberto Altenhofen Pires Pereira
03/01/08 - 19h45
InfoMoney


SÃO PAULO - Mesmo com a crise de crédito em foco e os prováveis reflexos negativos na economia norte-americana, a perspectiva dos analistas do Citigroup é de que 2008 deve marcar mais um ano favorável aos mercados acionários globais; e mais, com destaque aos emergentes.

Georgia Bush, estrategista da instituição, buscou ressaltar que as incertezas podem abrir espaço para boas oportunidades nas bolsas internacionais. Já em relação ao futuro da maior economia do mundo, tópico que preocupa grande parte dos investidores, a visão da analista também é otimista.

"Com base nas projeções de afrouxamento da política monetária e na redução dos custos com energia, a expectativa é de uma retomada do crescimento da economia dos Estados Unidos a partir do segundo semestre de 2008", destaca Bush em relatório.

Em meio a este cenário, a estrategista acredita que o crescimento da economia global deve permanecer sólido, em torno de 3,4% ao longo de 2008; com a perspectiva de que os mercados acionários globais ainda devem proporcionar retornos mais atrativos na comparação com a renda fixa.

Foco nos emergentes
O grande destaque da avaliação ficou por conta dos mercados emergentes. Mesmo após as expressivas escaladas registradas por estes mercados ao longo de 2007, ainda parece haver campo para novos ganhos.

Em conjunto com as bolsas Européias - consideradas de múltiplos atrativos - os países emergentes foram citados como de forte potencial de crescimento, além das boas condições de liquidez em seus mercados também serem destacadas.

Novos cortes na Fed funds rate?
Mesmo considerando que as informações existentes até o momento ainda indicam uma posição "saudável" da economia norte-americana, fator que não justificaria novos cortes na taxa básica de juro do país, o Citi ainda vê a possibilidade de novos cortes na Fed Funds Rate.

"Acreditamos que os riscos financeiros sistemáticos eventualmente levarão o Fed a utilizar a ferramenta mais forte a que possui: a política monetária", conclui a analista.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.