Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

terça-feira, maio 23, 2006

Vale do Rio Doce teve sua classificação de risco elevada pela S&P para BBB+

23/05/06 - 09h06
Bovespa

SÃO PAULO - A Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) informa que a Standard & Poor s Ratings Services (S&P) elevou hoje sua classificacao de risco de BBB, concedida em 10 de outubro de 2005, para BBB+. Desse modo, o rating da CVRD passa a ser dois niveis acima do estagio inicial do investment grade, BBB-, na escala da S&P.

De acordo com a S&P, os bons fundamentos do mercado global de minerio de ferro, as perspectivas favoraveis de crescimento com diversificacao das atividades da Companhia, o desempenho solido de sua rentabilidade e um perfil financeiro baseado em liquidez robusta e prudente administracao de divida sao aspectos que ajudaram a decisao de promover a mudanca no rating da CVRD.

Ao mesmo tempo, a S&P tambem considera que o ambiente macroeconomico mais favoravel no Brasil, onde a Companhia gera quase a totalidade de seus fluxos de caixa, melhora suas ja muito boas condicoes de acesso a recursos no mercado global de capitais, com reflexos positivos sobre o custo e estrutura de divida e liquidez no medio prazo.

A promocao obtida pela CVRD e resultado de esforco continuo de uma estrategia de longo prazo voltada para a criacao de valor e apoiada na excelencia da administracao financeira, o que tem contribuido de maneira importante para a reducao do custo de capital.

Conciliando com sucesso crescimento rentavel, boa remuneracao aos acionistas e a busca pela continua melhoria na percepcao de risco, no periodo compreendido entre janeiro de 2002 e marco de 2006, a CVRD investiu US$ 11,6 bilhoes, concluindo dezesseis importantes projetos de investimento, distribuiu dividendos de US$ 4,4 bilhoes, elevou o prazo medio da divida de 2,92 para 8,15 anos, reduziu a alavancagem financeira, com a razao divida total/EBITDA passando de 2,02 para 0,84x, e aumentou significativamente a cobertura de juros, na medida em que a relacao EBITDA/pagamento de juros evoluiu de 8,77x para 27,08x.

Para a obtencao desses resultados, tem sido fundamentais as negociacoes anuais de precos de minerio de ferro, na medida em que transmitem estabilidade e boa previsibilidade ao comportamento do fluxo de caixa da Companhia, permitindo otimizar sua programacao financeira.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.