Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quarta-feira, março 08, 2006

TELEMAR: ANALISTAS ESTIMAM LUCRO DE R$ 952 MI EM 2005, C/ ALTA DE 27%

AE, Rio, 08 - O mercado financeiro projeta um lucro líquido de R$ 952 milhões para a Telemar em 2005, resultado 26,8% superior aos R$ 751 milhões apurados em 2004. A tele divulga balanço amanhã antes da abertura dos mercados. A previsão toma como base análises feitas por cinco instituições financeiras (Banif, BES Securities, ABN Amro, Corretora Ágora Senior e a Merrill Lynch). As instituições esperam um crescimento médio de 5,52% para a receita, totalizando R$ 16,717 bilhões. A geração de caixa medida pelo EBITDA também deverá crescer. A expectativa é de que tenha alcançado R$ 6,746 bilhões, contra os R$ 6,531 bilhões apurados no mesmo período do ano anterior, uma pequena elevação de 3,3%.

Analistas acreditam que o reajuste tarifário médio de 7,3% e o forte aumento na base de clientes de banda larga foram os principais responsáveis pela melhora no balanço da companhia. Segundo Luciana Leocádio, do BES Securities, a Telemar foi beneficiada pelo impacto positivo do reajuste de preços na receita com telefonia local, principal fonte de receita do grupo. O aumento minimiza a atual estagnação no tráfego do local. Este ano, o cenário será diferente. A expectativa é de que o porcentual de reajuste seja bem mais modesto.

Além do reajuste, o balanço deve mostrar um forte crescimento no número de clientes de banda larga, da Velox. A empresa deve registrar uma expansão entre 55% e 70% no número de usuários, totalizando 817 mil clientes.

Outro ponto que será observado com atenção pelos analistas é o desempenho da Oi, empresa de telefonia celular do grupo. O analista Alex Pardelas, do ABN Amro, acredita que a operação de celular do grupo está mais rentável. A Oi fechou 2005 com 10,3 milhões de clientes. Luciana Leocádio, do BES, concorda. Segundo ela, as promoções oferecidas no Natal foram menos agressivas do que no final do ano anterior e também em relação ao último Dia das Mães, consideradas muito agressivas A analista lembra que os maiores subsídios foram oferecidos para aparelhos pós-pagos, que oferecerem um potencial maior de receita para a companhia.
(Monica Ciarelli)

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.