Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

sexta-feira, março 03, 2006

MINERADORAS TÊM DIFICULDADE PARA AUMENTAR PREÇO DO FERRO

Nova York, 03 - A China designou sua maior siderúrgica, a Shanghai Baosteel Group Corp., para negociar os contratos de minério de ferro deste ano - o que pode determinar o preço que outras siderúrgicas pagarão pelo produto nos próximos 12 meses. Mas depois da alta de até 70% no ano passado, particularmente em contratos da Companhia Vale do Rio Doce, este ano as negociações estão mais difíceis.

O processo anual de negociação de preço desta importante matéria-prima é observado de perto por siderúrgicas de todo o mundo. Muitas delas têm a esperança de que aumentos adicionais sejam o mínimo possível. As produtoras de minério de ferro estão pedindo aumentos de 20% ou mais nos preços contratuais para 2006, em relação a 2005, alegando que os preços do aço e a demanda estão estáveis, enquanto a oferta do minério de ferro está escassa. Se elas conseguirem o que querem, o aumento pode elevar o custo de fabricação do aço e, possivelmente, o preço que os consumidores pagam por produtos que vão de geladeiras a panelas. A maioria dos observadores prevê que os preços contratuais do minério de ferro vão subir, pelo menos ligeiramente este ano.

Em anos anteriores, os acordos entre siderúrgicas e as três maiores produtoras de minério de ferro - a Vale, e as anglo-australianas Rio Tinto PLC e BHP Billiton Ltd. -, que controlam mais de 70% das exportações mundiais do minério, foram fechados bem antes do fim de fevereiro. Mas este ano as negociações ficaram especialmente espinhosas, porque as siderúrgicas asiáticas resistem a até um pequeno aumento do preço. "As siderúrgicas chinesas estão assumindo a liderança no momento porque elas são as maiores compradoras em volume e Têm por isso o maior interesse", disse Michel Wurth, vice-presidente da Arcelor SA, a segunda maior siderúrgica do mundo. " Eu acho que elas estão todas em melhor situação para negociar um acordo neste momento." As informações são de O Estado de S.Paulo/WSJA. (CO)

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.