Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quarta-feira, fevereiro 08, 2006

ESTRÉIAS DE COPASA E VIVAX; DFPS DE BRASKEM E GERDAU

(AE)

São Paulo, 08 - Fique de Olho nas estréias de Copasa e Vivax na Bovespa, e nos balanços de Braskem e Gerdau. Souza Cruz, que também soltaria seus números hoje, antecipou os dados na noite de ontem.

Copasa e Vivax integram a partir das 11 horas o time das novatas da Bovespa. A oferta pública de ações da Copasa totalizou R$ 723,076 milhões, segundo anúncio feito ontem. O valor de venda ficou em R$ 23,50 por ação ordinária, no teto do intervalo de preço sugerido pela empresa, de R$ 19,50 a R$ 23,50. A estréia da Copasa será no Novo Mercado da Bovespa.

Já na Vivax, a distribuição primária e secundária de units fechou em R$ 470,4 milhões. O preço unitário ficou em R$ 24,50, acima da faixa estimada, que ia de R$ 20,50 a R$ 23,50. Ambas as distribuições ainda prevêem green shoe. A estréia será no Nível 2 de governança corporativa da Bolsa.

Braskem e Gerdau divulgam nesta manhã seus balanços de 2005. A petroquímica deve divulgar lucro líquido de R$ 666 milhões em 2005, 3,61% menor em comparação com o do ano anterior, conforme média simples das estimativas de especialistas das corretoras Geração Futuro, Fator, ABN Amro Real e BES Securities, levantada pela repórter Viviane Mottin. A projeção de Ebitda é de R$ 1,947 bilhão, 23,61% a menos, e receita líquida de R$ 11,549 bilhões, 4,58% superior.

Já a Gerdau, segundo apurou a repórter Silvia Araújo, deve ter lucro líquido de R$ 2,665 bilhões, com queda de 6,2% sobre 2004. O número é resultado da média das projeções entre os analistas da HSBC Corretora, ABN Amro Real Corretora e Banif Investment Banking. Para o Ebitda, a média das expectativas situou-se em R$ 5,026 bilhões, revelando queda de 10,48% sobre 2005.

Fique de Olho também nas ações do grupo Vivo, que subiram ontem em Bolsa, com destaque para as ordinárias. O conglomerado Sonae lançou uma oferta de € 10,74 bilhões (US$ 12,88 bilhões) pela Portugal Telecom. A oferta é de 9,5 euros por ação. No Brasil, a Portugal Telecom divide com a Telefónica o controle do grupo Vivo.

A alta forte das ações ordinárias mostra claramente que o mercado aposta em troca de controle, com possibilidade de tag along.
(Aline Cury Zampieri)

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.